O primeiro contato de Rodrigo Pimentel com o cinema foi durante a produção de Notícias de uma Guerra Particular. Foi durante as filmagens do documentário Ônibus 174, sobre o sequestro do ônibus 174 no Rio de Janeiro, que Pimentel comentou seu interesse de fazer uma ficção sobre a polícia do Rio, baseados em relatos de amigos e na sua própria experiência no Bope. Nascia ali a idéia do Tropa de Elite.

Em 2005, com o roteiro do filme já em andamento, Pimentel escreveu o livro Elite da Tropa, em parceria com Luiz Eduardo Soares e André Batista.

Após muitos acharem que o personagem principal do filme Tropa de Elite, o Capitão Nascimento, é inspirado em si mesmo, Pimentel declarou que foi um personagem criado e totalmente fictício baseado em acontecimentos ocorridos com ele e com outros integrantes do BOPE. Hoje Rodrigo Pimentel é comentarista social da rede Globo e faz participaçao no RJTV 1º edição, e, eventualmente, no Bom Dia Brasil.