Maior nome do triathlon brasileiro de todos os tempos e uma das grandes forças dessa modalidade, no mundo. Este seria um resumo da carreira de Fernanda Keller, que começou a praticar o triathlon aos 18 anos, na faculdade de Educação Física que cursava. Hexa-campeã brasileira, seis medalhas em campeonato mundiais, o Ironman, a prova mais difícil de sua categoria.


Fernanda pratica desde os 18 anos, e hoje, aos 42, continua sua rotina de treinos, uma média de 30km nadando, 100km correndo e 500km pedalando, toda a semana.


Os sacrifícios para a prática, em alto nível, de um esporte como o triathlon são grandes. A vida social fica bastante prejudicada, alimentação e sono precisam ser regrados ao extremo, para que o corpo e a mente consigam obter os resultados desejados, da melhor forma possível.

Sua garra, determinação e sede de superação constantes vêm atraindo a atenção de grandes empresas que passaram a usar o exemplo da vida da triatleta em treinamentos e seminários envolvendo seus executivos e demais colaboradores.